Vigilante não tem direito ao adicional de periculosidade antes da regulamentação da lei que o deferiu