Tribunal do Júri da Capital leva 9 réus a julgamento esta semana

Estão programados para esta semana a realização de três julgamentos pelas duas varas do Tribunal do Júri de Campo Grande. Entre eles, ocorre na quarta-feira (12) o júri popular envolvendo rivalidades entre facções criminosas, cujo julgamento deve se prorrogar por dois dias. As três sessões de julgamento desta semana levarão, ao todo, nove réus a júri popular.

A primeira sessão de julgamento está marcada para esta terça-feira (11), a partir das 8 horas, pela 1ª Vara do Tribunal do Júri (Ação penal nº 0030152-62.2016.8.12.0001), que levará a julgamento um homem acusado de tentativa de homicídio de um caminhoneiro. O crime ocorreu no dia 22 de junho de 2016, no Posto América, em trecho do anel viário, no Bairro Itamaracá.

Segundo a denúncia, o acusado desferiu um golpe de faca nas costas da vítima de forma repentina. Outro envolvido no crime, pai do acusado, também responde por participação no crime, no entanto o processo com relação a ele foi desmembrado.

O motivo da tentativa de homicídio seria torpe, pois a vítima teria repreendido os acusados por terem se envolvido em um furto ocorrido na loja de acessórios do posto.

Já na quarta-feira (12), a sessão do júri inicia a partir das 13 horas. Cinco acusados de integrarem facção criminosa serão julgados pela 2ª Vara do Tribunal do Júri (Ação penal nº 0014112-342018.8.12.0001). Os réus teriam mantido a vítima em cárcere privado e decapitado-a entre os dias 13 e 14 de fevereiro de 2018. O corpo foi encontrado em uma estrada vicinal no município de Terenos.

Em virtude do grande número de réus, o julgamento exigirá a pernoite dos jurados em um hotel reservado pelo Tribunal de Justiça, permanecendo incomunicáveis durante o período de julgamento. Outros dois acusados foram julgados em setembro do ano passado, sendo um deles condenado e o outro absolvido.

E fechando a pauta de julgamentos previstos para esta semana, na quinta-feira (13) três réus vão a júri popular pela 1ª Vara do Tribunal do Júri (Ação penal nº 0046010-70.2015.8.12.0001). Os acusados teriam desferido golpes de faca e atingido a vítima com uma pedra, cujos ferimentos foram a causa de sua morte. O crime aconteceu por volta das 0h do dia 9 de novembro de 2015, no Jardim Jockey Club.


Link original

Powered by WPeMatico