13ª Jornada Lei Maria da Penha debate avanços sociais e jurídicos

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza, nos dias 8 e 9 de agosto, a 13ª Jornada Lei Maria da Penha, um evento que congrega profissionais do Sistema Judiciário brasileiro e da rede de proteção à mulher vítima de violência doméstica e familiar. Mato Grosso do Sul foi convidado a contribuir com seu conhecimento, baseado nas experiências de ter a primeira Casa da Mulher Brasileira e a primeira vara especializada em medidas protetivas do país.

Para compartilhar este know-how, a juíza da 3ª Vara de Violência Doméstica e Familiar de Campo Grande e coordenadora da Mulher de MS, Jacqueline Machado, e a assistente social Vanessa Vieira contribuíram no evento do CNJ, participando de uma das oficinas da Jornada, intitulada “Atendimento Assistencial à Mulher”.

Também estavam no evento os juízes Cláudio Müller Pareja, da comarca de Sidrolândia, e Helena Alice Machado Coelho, da 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar da Capital.

A 13ª Jornada Lei Maria da Penha é destinada aos órgãos do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública, das Secretarias de Segurança Pública, tendo como público magistrados, advogados, delegados, policiais civis e militares, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da área da saúde e a sociedade em geral.


Link original

Powered by WPeMatico